A Clínica Veterinária Feras de Companhia, em colaboração com a treinadora Carla Rodrigues (certificada pela escola “It’s All About Dogs”), realizou no passado dia 6 a primeira Puppy Party, com o objectivo de sensibilizar os novos donos para a importância do treino e educação dos cachorros.

Algumas informações úteis dadas durante a Puppy Party:

Uma sociabilização apropriada é essencial para que o seu cachorro se transforme num cão equilibrado. A sociabilização ocorre das 8 semanas aos 4 meses e meio de vida e consiste na adaptação do cachorro ao ambiente, pessoas e estímulos (visuais, auditivos e tácteis). O cachorro deverá aprender a reconhecer e interagir, de forma gradual, controlada e positiva, com diferentes estímulos (homens, mulheres, crianças, campainhas, aspiradores, ruas movimentadas, etc.). A sociabilização ajuda a prevenir o aparecimento de problemas tais como nervosismo, medo, agressividade e outros distúrbios comportamentais graves.

Todos os cachorros adoram mordiscar! Importante: não brincar com o cachorro com as mãos e parar de brincar sempre que os dentes do cachorro toquem nas mãos. Usar brinquedos próprios para o cachorro brincar (de acordo com a sua idade) e ensinar a roer e interagir com objectos adequados (exemplo: kongs, ossos prensados, etc.). Evitar deixar à disposição o que não pode ser roído e NUNCA usar punições para parar um comportamento indesejado (o cão precisa de ter confiança nas nossas mãos).

Relativamente a ensinar o cachorro a fazer as necessidades no local correcto: é importante restringi-lo a um espaço e levá-lo a fazer as necessidades nas situações em que mais precisa, nomeadamente ao acordar, depois de beber água (+/- 5 a 10 min.), depois de comer (+/- 20 a 30 min.) e enquanto brinca. Reforçar SEMPRE com algo que ele goste muito depois de fazer no local correcto (pedaços de frango, salsicha, etc.) e ignorar acidentes, pois ao castigarmos o cachorro apenas vai aprender a não fazer as necessidades à nossa frente, o que nãoo significa que as faça no local correcto! Limpar os locais indesejados com produtos que não tenham amoníaco na sua composição (por exemplo detergente da roupa).

Para ajudar nas idas ao Veterinário, fazer do toque algo positivo. Começar com toques leves e curtos, mantendo a comida em frente ao nariz do cachorro para ele aprender a estar na posição correcta. Aumentar gradualmente a duração e intensidade do toque, não esquecendo nunca a recompensa!

Estas foram algumas das dicas da treinadora Carla Rodrigues. Se tem um novo cachorro, estamos disponíveis para esclarecer todas as dúvidas! Faça do seu cachorro um cão equilibrado e feliz!